Páginas

sábado, 4 de junho de 2011

A vida como um teste de QI aos olhos de uma criança


Quem nunca respondeu à um teste de QI? Creio que todos já o tenham feito ou então com certeza já ouviram falar.
Eu costumo comparar o teste com uma frase bem clichê: "A vida é simples, a gente é que complica", isso porque acontece o mesmo com o famoso QI, em que as respostas são tão obvias que acabamos por não enxergá-las.
Como diz Nando Reis em uma de suas músicas: "coisas que pareceriam óbvias até pra uma criança" e sabe que ele tem razão.
Uma vez a professora passou um teste para a nossa turma. Eram somente 4 perguntinhas, muito obvias, que 99,9% da turma não soube responder.
 Entre estas perguntas, havia uma que dizia assim: Faça um retângulo com três linhas.  Bom, foi um desastre porque esta questão 100% da turma não resolveu.
Na hora da correção a professora teve que admitir que também já tinha feito e errado esta questão um dia. Ela nos contou que em uma reunião de família, juntou seus primos para resolverem o mesmo teste e que entre eles o mais novo tinha 6 anos de idade, ou seja, uma criança. E advinhem?... foi o único que conseguiu fazer o tal retângulo com três linhas. Muito simples, primeiro ele desenhou o retângulo e depois fez três linhas dentro do mesmo. Muuuuuito óbvio, não é?
 Assim é com a vida, é tudo tão simples, tão óbvio. Não sei ao certo porque temos a mania de dificultar tanto as coisas. Quando somos criança tudo é tão mais fácil...
Mas talvez eu saiba o porque de complicarmos tanto. É porque esquecemos de ver o mundo com os olhos de uma criança.

2 comentários:

  1. Eu seria uma das que não conseguiria resolver também! ^^

    Estranho como o cérebro "mais desenvolvido" se torna tão mais confuso... será que é o excesso de informação??

    Adorei o post!!
    Bejinhs;

    http://cherryandbubbles.blogspot.com/

    ResponderExcluir